f i
MENU
MENU
Sobre

MEMÓRIAS AFETIVAS

Sou artista mestiça, inspirada por memórias que migram por peles, lugares, retratos, e pela natureza que desabrocha através destas lembranças.

Tenho forte conexão com a cor dourada, as aguadas de nanquim, aquarelas e os papéis de grande absorção. Gosto dos papéis japoneses e chineses, mas também dos mais simples como os de filtro e embrulho. Costumo mesclá-los com diversas tintas, instrumentos e suportes como madeiras, paredes e tecidos.

Sendo neta de japoneses, construí um Japão mítico a partir do que observava no convívio com meus avós, mexendo em suas fotografias, cartas, postais, documentos, e vestindo as roupas de minha avó enquanto ela se arrumava para suas apresentações de dança.

Assim,  criei uma mitologia pessoal, e meus próprios rituais para me conectar com a ancestralidade. Gosto de mergulhar em minhas memórias ancestrais, e também passear pelas memórias de lindas pessoas que cruzam o meu caminho. Deixo que meu trabalho se manifeste a partir destas experiências de vida.

CV

Catarina Gushiken, nasceu em São Paulo. Sua formação básica foi o Colegial Técnico em Desenho de Comunicação, depois Graduou-se em Design e Pós-Graduou-se em Direção de Arte na Faculdade Belas Artes.

Já lecionou no Instituto Europeo de Design, deu workshops na PUC (Pontifícia Universidade Católica), CEDIM (Centro de Estudios Superiores de Diseño de Monterrey, México), participou de banca nos cursos de pós-graduação em Direção Criativa na FAAP (Faculdade Armando Alvares Penteado), de graduação na Faculdade Santa Marcelina, e Comunicação na Usp.

Em sua Casa Atelier, produz trabalhos autorais que possuem forte conexão com as aquarelas japonesas, ancestralidade e memórias, além de dar aulas de Processo Criativo e receber artistas de diversas partes do mundo para residências e vivências de arte.

Foi uma das artistas escolhidas para participar do documentário West Encounters East, curadoria e produção Stella Holmes – 2013,  que explora os temas de imigração e assimilação cultural ao tratar de trabalhos desenvolvidos por artistas nipo-brasileiros, ao lado de grandes nomes como Tomie Ohtake, Yutaka Toyota e Takashi Fukushima. O documentário ganhou o prêmio prata no 35° Telly Awards e foi ainda agraciado no “International Brazilian Press Award” de 2014 com prêmio na categoria “Cinema e Video”.

Formação

Estágio com  Gilberto Salvador 2014
Desenho com prof Evandro Carlos Jardim – Augusta  Cultural – 2014-2015
Pintura e história da arte com  Rubens Matuck 2014
Grupo de  estudos de Mokuhanga – xilogravura  japonesa – Atelier Paulista 2014- 2015 -2016 – Sensei Fernando Saiki
Grupo de estudos de  Sumiê –  Associação Cultural Tochigi Kenjin doBrasil 2014 e 2015 – Sensei  Suely Shiba
Grupo de estudos de Shodô – Associação Cultural Tochigi Kenjin doBrasil 2014 – Sensei  Nemoto
Aluna ouvinte especial da disciplina Arte como forma de Pensamento – professora Carmem Aranha –  MAC-  2013
Atelier de Gravura – Prof. Evandro Jardim – SESC Pompéia-  ano 2013
Direção de Arte – Belas Artes – ano 2011
Design de Moda – Anhembi Morumbi –  ano 2005
Desenho de Comunicação – Etec. José Rocha Mendes – ano 1999

Publicações

Illustration Now – editora Taschen 2013 – editorJulius Wiedemann
Publicação no livro Illustration Now- 4  – Editora Taschen – 2011 – editor Julius Wiedemann

Exposições

Exposição Uns – Espaço Breu – São Paulo 2017
Exposição Memórias Afetivas – Galeria Ponder70 – São Paulo 2016
Exposição Salão de Outono da América Latina – Fundação Memorial da América Latina – Galeria Marta Traba – São Paulo – 2016
Exposição Yokoso – Galeria A7MA – São Paulo – 2016
Exposição Construtores do Brasil –  Museu da Câmara – Brasília  – 2012
Exposição Individual MuBA – Museu Belas Artes – 2012
Exposição Entre Mundos –  IQ Art Gallery – SP – curadoria Henrique Luz – 2011
Exposição Múltiplos Eus – galeria Soul – curadoria Henrique Luz – 2011
Exposição SESC – Kasato Maru – permanência no olhar – curadoria Raquel Brumana – 2008

Rua Topázio, 274 - São Paulo - Brasil